24 abr de 2013

Tratamento estético com ação afrodisíaca

Categoria:
Beleza

Massagem Oligolibin é feita com fluído à base de tribulus terrestres, oligoelementos e canela, ativos que ajudam a aumentar a libido. A OligoFlora, rede de franquias de bem-estar e estética funcional, acaba de lançar a massagem Oligolibin com ativos afrodisíacos para dar uma forcinha no aumento da libido. O procedimento é feito em três passos. O primeiro consiste em uma ionização com um mix dos oligoelementos para o equilíbrio do metabolismo. Para isso, é utilizado um equipamento de corrente galvânica, que conduz uma corrente elétrica de baixa intensidade com o objetivo de acelerar a penetração dos ativos minerais na pele.

A segunda etapa é uma massagem tranquilizante e afrodisíaca, feita com um fluído à base de tribulus terrestris, canela e oligoelementos, ativos naturais que agem como estimulantes sexuais. A tribulus terrestris é uma planta indiana utilizada para combater a impotência sexual e a falta de libido, sem efeitos colaterais. O aroma da canela funciona como um estimulante, já os oligoelementos magnésio, zinco, cobre e manganês participam dos processos de produção dos hormônios sexuais.

Já o último passo é a termoterapia com bandagem de crismita, que promove a vasodilatação e intenso relaxamento. “Esse processo é importante para facilitar a ação dos ativos na pele, além de melhorar o fluxo sanguíneo, ajudando a aumentar a libido”, afirma a farmacêutica e diretora técnica da OligoFlora, Claudia Torquato.
Publicidade:


O recomendado para a massagem Oligolibin são, no mínimo, três sessões, cada uma com os três passos. Os resultados como relaxamento do corpo e aumento da libido são notados durante o tratamento. Para complementar, as clientes da OligoFlora são recebidas nos studios com chás afrodisíacos à base de canela, cravo, gengibre e hortelã, além de dicas de receitas para apimentar o relacionamento.

Tratamento: Oligolibin
Sessões: no mínimo 3
Preço: a partir de R$ 65,00, cada sessão, por pessoa

Sobre a OligoFlora
Fundada em 1999 em São José do Rio Preto, interior de São Paulo, a OligoFlora é pioneira no trabalho com Oligotecnologia no Brasil e está presente em 15 estados.

Assuntos Relacionados

 





Fechar [x]