Início Novidades Horóscopo Mensagens Novelas Receitas Sonhos Tradutor
 
 

21 set de 2011

Poder do espelho e da atitude

Categoria:
Mulher

A preocupação de toda mulher que trabalha ou tem seu próprio negócio é a falta de tempo de se cuidar, ir ao médico, à academia ou ao clube. Justamente para discutir o tema que surgiu o Fórum Mulheres em Destaque.

Em corpo jovem e magro, a nutricionista Ana Carolina da Rocha Rodrigues e a fisioterapeuta Roberta Marques com silhueta definida e pernas à mostra, procuraram demonstrar a importância da boa alimentação e dos exercícios físicos para a saúde física e mental. Você é o que você come e mente sã em corpo sadio, são frases comuns, mas continuam sendo verdadeiras e comprovam outra máxima, a de que a melhor qualidade de vida aumenta a produtividade.

Ana Rodrigues descreveu a pirâmide alimentar desenvolvida pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de Harvard (EUA) em que a base são os óleos vegetais, os grãos integrais, frutas, legumes e verduras, no meio peixes e aves e por último, em menor quantidade, as carnes vermelhas. Nem o vinho, tido como alimento, é recomendável. Ana Rodrigues sugere a substituição por suco natural de uva.
Publicidade:


A Faculdade de Harvard recomenda também seis refeições diárias em pequenas quantidades, para controlar o peso, ingestão de dois litros de líquidos, sendo um de água e acréscimos de alimentos funcionais contendo Omega 3 como salmão, linhaça, flavonóides, como uva rosada, framboesa e amora e catequina, chá verde ou branco, de morango ou uva. Roberta Rodrigues, dona de academia em Brasília conta que não representava exatamente um modelo para os clientes que buscavam nos aparelhos de ginástica a solução para os quilos a mais e a vida sedentária. Ela era entre 7 e 8 quilos mais pesada que hoje e corria o dia todo para dar conta do trabalho, da reforma e ampliação da academia, escola e casa. Até por dever de ofício, sabia dos benefícios dos exercícios físicos, mas sempre encontrava na falta de tempo a desculpa para não começar. Por cobrança do espelho e pela vontade de correr a Meia Maratona do Rio de Janeiro, tomou a decisão de começar e, em seis meses disputou e terminou, bem segundo ela, a meia maratona. Tomou gosto pelas corridas e exercícios aeróbicos, que agora faz com prazer.

Importância da saúde
Os gestos das participantes eram de confirmação e de preocupação quando a médica ginecologista Iara Badacini começou a falar sobre o descaso que as mulheres que trabalham têm com sua própria saúde. Fazer um check-up anual não é cuidar da saúde. Os exames com resultados normais não são sinônimos de saúde, que, pela definição da OMS (Organização Mundial de Saúde) é o pleno bem estar físico e mental. “Ter vontade de fazer sexo também é saúde e pediu para as mulheres lembrarem quando foi a última vez que tiveram essa vontade. “A ultima vez que fizeram não vale!”. Ela diz que as mulheres que levam uma vida louca deixam por último sua saúde, em geral querem os pedidos dos exames por e-mail e enviar os resultados também. “Mas isso não é possível, eu preciso examinar, quero conversar”, diz ela, que também tinha uma vida profissional e pessoal muito atribulada. Iara Badacini conta que as pessoas precisam de um start-up para mudar. “O meu foi quando minha filha disse que sairia do balé porque eu era a única mãe nunca havia ido ver uma apresentação na escola”. Ela diz que sofreu muito ao deixar o emprego como obstetra, mas a filha continuou no balé e ela foi buscar ajuda de um terapeuta, que freqüenta há cinco anos. E recomenda. Para jogar ainda mais preocupação à platéia, a médica citou pesquisas que mostram que as mulheres estão enfartando mais e com menos de 40 anos. “Quanto mais jovem, mais forte é o ataque cardíaco e maiores são as possibilidades de óbito”, alertou. Afirmou também que as mulheres que fumam e tomam anticoncepcional tem 20% mais chances de ter infarto; as obesas, com menopausa tardia ou menarca precoce, tem mais de ter câncer de mama. O câncer de colo de útero é o segundo que mais mata mulheres e uma das causas é o HPV, que afeta a maioria das mulheres. Por isso, ela recomenda os exames de papanicolau e vulvoscopia uma vez por ano. Outra preocupação da médica Baldacini é a gravidez cada vez mais tardia e mais comum nas mulheres que colocam a carreira acima da preocupação de ser mãe. A probabilidade de gravidez em uma mulher de 40 anos é de 36% em um ano inteiro de tentativas, enquanto de uma jovem de 20 é de 86%. A inseminação artificial, além de cara, tem sucesso em apenas 30% dos casos, alertou.

Fórum alcança todos os objetivos
Um painel sobre saúde e bem estar da mulher e um talk show, com depoimentos de mulheres de sucesso concluíram o Fórum Mulheres em Destaque, ontem (15/9) na Fecomércio, em São Paulo. Cerca de 200 participantes se reuniram nos dois dias, mulheres empresárias, executivas e profissionais liberais, que também visitaram a feira com produtos e serviços dedicados especialmente às mulheres como cursos de pós-graduação da FGV e da Sociedade Brasileira de Coaching, CDs e DVDs sobre ioga e meditação, e seguros, entre outros. Para a organizadora de evento, Cristina Kerr, titular da empresa CK Eventos, todos os objetivos foram alcançados e, pelos elogios recebidos dos palestrantes e das participantes nos intervalos e no encerramento, assim como o agendamento da segunda edição do Fórum para outubro do próximo ano, atestam o sucesso da iniciativa, “Descobrimos um nicho e acreditamos na idéia sugerida pela Flávia”, disse Kerr lembrando que ela e Flávia Mastrobuono estavam tomando café e reclamando do excesso de trabalho, da falta de tempo de se cuidar, de ir ao médico, à academia ou ao clube. “Essa é uma preocupação de toda mulher que trabalha ou tem seu próprio negócio e você acaba de dar uma idéia, por que não discutir isso num fórum com especialistas?”, eu disse a ela. E começamos a escrever tudo que vinha na cabeça, a lembrar de nomes importantes, falei com meu professor da FGV, Antônio André e ele nos incentivou a fazer. Kerr tem a empresa de eventos há cinco anos e organizado feiras e congressos nas áreas de transporte ferroviário e de logística. Na próxima semana estará nos EUA, montando o estande do Brasil numa feira de tecnologia ferroviária em Mineápolis, a pedido do Itamaraty. Organizado e realizado pela CK Eventos, o encontro conta com o apoio da FGV – Fundação Getúlio Vargas, da BPW-SP - Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais de São Paulo, da BPW Brasil - Federação das Associações de Mulheres de Negócios e Profissionais, da Sociedade Brasileira de Coaching, do IBEF - Mulher – Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças de São Paulo, Mulheres de Negócios do Linkedin, Incríveis Mulheres Automotivas, da Aslog – Associação Brasileira de Logística, Quantum Lab e Jornal Folha Mulher.
Assuntos Relacionados

 








Fechar [x]