28 jun de 2020

Franquia ganha dinheiro com a falta de tempo da mulher moderna

Categoria:
Negócios

Rede Pello Menos de Institutos de Depilação ensina estratégia para fidelizar clientes e garantir o sucesso para seus franqueados.

Garantir que o atendimento será realizado da mesma forma, independente da funcionária que estiver disponível e não permitir que as consumidoras marquem horário foi a estratégia que levou o Pello Menos a ser a maior rede de institutos de depilação do país. “Sabemos que a mulher moderna tem cada vez mais dificuldade de cumprir compromissos com horário marcado, por isso oferecemos uma maneira simples e de qualidade para que ela possa se depilar na hora em que puder”, explica Regina Jordão, fundadora da rede, que enfatiza: “nosso sistema garante a fidelização da consumidora à marca e não á depiladora, e promove uma clientela fiel para os franqueados.
Hoje, a rede atende mais de 75 mil consumidoras por mês.

Publicidade:

O Pello Menos é uma rede de institutos exclusivamente de depilação que não trabalha com agendamento de horário! Essa foi a estratégia que Regina Jordão, fundadora da rede, escolheu para fidelizar as clientes à marca e não às depiladoras, como convencionalmente se faz em outros salões de beleza. A cliente chega e é atendida na hora, pela profissional que estiver disponível. Para que o atendimento seja sempre de extrema qualidade, a empresa investiu fortemente em um Centro de Treinamento. A estratégia evitou a perda de clientes no caso da mudança de funcionárias, gerou uma rede com 40 institutos e que atende mais de 75 mil mulheres por mês. Busque sempre o melhor investimento para você.

Encontrar tempo para ficar bonita com tantos afazeres e em uma grande cidade é uma verdadeira arte. Quem trabalha e vive nas capitais sabe o que é a rotina de marcar e desmarcar horários por causa do trânsito, das chuvas, de compromissos inesperados e reuniões que levam horas para acabar. Pensando nisso, a rede Pello Menos criou um sistema diferente, sem marcação de hora e com tempo cronometrado para a cliente ser atendida: é só chegar e em menos de meia hora a cliente já está na cabine de depilação. Com isso, a rede conquistou cerca de 75 mil clientes por mês e candidatos a franquia até de outros países, interessados em oferecer um serviço que se adapta ao dia a dia das mulheres modernas e vira sucesso imediato.

Com 13 anos de atuação, o Pello Menos criou um nicho de mercado que não existia. “foi difícil entrar em um mercado extremamente pulverizado, com pequenos salões que ofereciam todos os serviços de beleza e competir com a depiladora conhecida da cliente”, lembra Regina Jordão, fundadora da rede. Ela teve que ir às ruas oferecer cupons para depilação gratuita para provar às consumidoras que elas podiam se depilar sem hora marcada e sem escolher a depiladora e que o serviço seria impecável e sem igual. Isso mesmo, no Pello Menos a cliente chega e é atendida pela depiladora que estiver disponível, não é possível escolher. “O que acontece geralmente nesse mercado é que a cliente fica fiel à profissional e vai com ela para a empresa onde ela estiver”, revela Regina, que explica: “nós queríamos que a cliente ficasse fiel ao Pello Menos, ao nosso método de depilação, à nossa cera e ao atendimento que prestamos, independente da profissional”.

Para isso, a empresária criou um treinamento exclusivo, que ensina desde o preparo da cera para utilização, até o método de depilação, regras de atendimento, padrões de higiene e conduta. “Nos nossos institutos, a cliente é sempre depilada da mesma maneira e com a mesma destreza, por qualquer uma das nossas depiladoras”, enfatiza Regina, que foi pioneira em um mercado, mas não parou por aí. Investir no crescimento de uma rede que quebra tabus e gera uma nova ordem no mercado foi o segundo passo e ela conquistou o Rio de Janeiro. “Hoje, a maioria de nossas unidades está na capital fluminense, e podemos dizer que a mulher carioca entendeu que pode aproveitar melhor seu tempo, sem se preocupar em chegar no horário ou garantir que sua depiladora preferida está disponível”, confirma Regina.

Desde o ano passado, os olhos da franquia também se voltaram para São Paulo, uma capital onde o tempo é ainda mais escasso e onde o mercado de depilação já está mais modernizado. “Ao chegar em São Paulo, 12 anos depois de começar nesse mercado, nossa realidade foi outra, aqui já havia salões exclusivamente de depilação, com métodos extremamente modernos”, explica Regina. Mas o diferencial de não poder agendar um horário é o que está chamando atenção das paulistanas. “Imagine sair de uma reunião e se dar conta de que tem uma horinha que pode ser aproveitada e um instituto Pello Menos do seu lado, é o paraíso”, brinca a empresária, que sabe que tem chão pela frente. A meta da empresa é abrir mais 10 franquias até o começo do próximo ano, com foco no Rio e em São Paulo. Claro que há candidatos em outros estados: “estamos estudando Minas também”, garante Regina, “mas ir para muito longe requer mais atenção, mais maturidade, e preferimos crescer aos poucos”, finaliza. Em breve, a marca deve começar a pensar no exterior, já que a meta de Regina é bem clara: “o mundo todo está sem tempo e vamos ficar conhecidos em outros lugares também”.
Assuntos Relacionados

 





Fechar [x]