11 jun de 2012

Bumbum Turbinado: Como Ter Um

Categoria:
Beleza

Exercícios direcionados, boa alimentação e estilo de vida. Exercícios sobre plataformas vibratórias informatizadas ajudam a mulher alcançar o sonho da redução de celulite, com bumbum turbinado e sem necessidade de cirurgias.

Primeiro foi a onda de seios com silicone, agora as mulheres estão optando pelas próteses de silicone para aumentar o bumbum. Enquanto a prótese de mama contém, em média 180 mililitros de silicone, a de nádegas tem um volume – padrão de 270, podendo chegar a 420 mililitros , dependendo da técnica usada e das proporções da receptora. No entanto, existem também outras formas, bem mais agradáveis e que proporcionam saúde para todo o organismo, para se ter o “bumbum turbinado”. Essa prática chama-se plataforma vibratória.

Segundo Milena Faleiros, franqueada da Vibe Class Rio de Janeiro, a plataforma vibratória aumenta o recrutamento das fibras musculares, proporcionando assim exercícios bem mais intensos e eficazes. “O glúteo é um dos músculos mais importantes para a estabilização do tronco, e como os treinos na plataforma vibratória são totalmente funcionais, exigem muito desse tipo de musculatura para manter uma ótima equilíbrio durante a execução dos movimentos”, avalia Milena.
Publicidade:


Quando se faz musculação ou ginástica, existem muitos exercícios específicos para o bumbum. Nas plataformas vibratórias isso não é diferente. “Realizamos exercícios específicos para um trabalho intenso de glúteos e a vibração auxilia muito no ótimo resultado que temos com as alunas”, enfatiza Milena.

Outra preocupação das mulheres é conseguir ter o bumbum lisinho, ou seja, sem celulite. São clínicas de estética oferecendo pacotes infinitos de máquinas que prometem reduzir as famosas celulites. Para as mulheres que praticam exercícios sobre as plataformas, o resultado tem sido bem positivo, comenta Daniel de Almeida, um dos idealizadores da Vibe Class. “A combinação dos exercícios na plataforma vibratória e uma boa alimentação promovem o aumento da queima calórica e da circulação sanguínea auxiliando na redução da celulite”, explica Daniel. Além dos mais de 700 exercícios executados sobre a plataforma, ao final de cada aula, o aluno é premiado com uma drenagem linfática feita sobre a plataforma, que ajuda a reduzir o inchaço local ou generalizado, tento efeito antioxidade. “Mas saliento que o mérito não é somente da drenagem, mas sim de exercitarmos os músculos de forma localizada, aliando a uma alimentação adequada ao estilo de vida de cada aluno”, enfatiza Daniel.

“Treinos específicos, boa alimentação, muita água, pouco sal e pouco açúcar, é a combinação perfeita e fácil para quem quer manter um corpo enxuto e sem necessidade de plásticas estéticas”, comenta Milena. O mais importante, segundo ela, é a manutenção da frequência dos exercícios, pois os músculos sempre precisam de estímulos. Já quando se fala de alimentação, o ideal é a procura de uma dieta personalizada, para suprir todas as carências nutricionais e ainda auxiliar no processo de ganho de massa muscular. “A intenção dos exercícios físicos para o bumbum é o ganho de massa muscular nos glúteos e pernas, sem elevar o nível de gordura, para que se possa ter as tão sonhadas pernas e glúteos, com uma barriguinha lisinha e cintura fina”, finaliza Milena.

Sobre o sistam vibe class: Vibe Class, é um sistema de condicionamento físico, que trabalha a postura e a sobrecarga por meio de equipamentos e vibração. As plataformas vibratórias funcionam com software desenvolvido para administrar as aulas, permitindo ajustes na vibração, conforme o progresso do aluno. Durante a aula, o aluno consegue interagir em seu treino, com monitor explicativo dos movimentos e grupos musculares. “Com o software instalado nas plataformas, o aluno possui sua planilha de treinos informatizada, que conforme o andamento da prática do exercício sugere mudanças no treinamento”, explica um dos idealizadores da Vibe Class, Aurélio Alferi Neto. Diferente dos exercícios convencionais de musculação, a prática nas plataformas vibratórias permite que o aluno não fique parado. “Enquanto repousa-se um músculo, trabalha-se outro”, avalia Alferi. Dentre os benefícios de se exercitar utilizando as plataformas está o alto gasto calórico, melhora da postura e do tônus muscular. “Somente com a plataforma vibratória, com a contração de grupos musculares, o aluno tem um gasto que gira em torno de 15 a 20%. Se realizar os exercícios funcionais com acessórios, tais como bola e elásticos, o gasto calórico chega em torno de 50 a 60%”, salienta Alferi.
Assuntos Relacionados

 





Fechar [x]